Menu
Login
Codinome:

Senha:



Artigos: Curso de formação para os sacramentos  
Autor: jblibanio
Publicado em:: 2009/7/23
Leituras:
Tamanho:
Página para Impressão Indique a um Amigo
 

O olhar do teólogo

Curso de formação para os sacramentos

J. B. Libanio

                  

                   A cristã apoia-se nas três colunas da Escritura, dos sacramentos e da comunhão eclesial. Elas se constroem com o ferro e o cimento da vivência existencial e do conhecimento . A Igreja cuida de que os fiéis vivam a . No mundo da experiência e da prática se encontra o ponto fundamental. No entanto, seres humanos que somos, necessitamos ter claro o que experimentamos e o que devemos fazer. Sob esse ângulo, os cursos e estudos adquirem importância.

                   Os cursos bíblicos introduzem as pessoas nos conhecimentos básicos para a leitura inteligente da Escritura. Perseguem os seus leitores os riscos da intelecção literal.  E pior ainda quando eles se fixam em sentidos arredios a qualquer interpretação, imaginando tocar a Palavra pura de Deus que não suporta nenhum retoque. Os cursos vêm corrigir tal postura fundamentalista.

                   Os sacramentos pedem outro tipo de introdução. Eles exigem de quem os recebe conhecimento adequado a respeito do sentido e das exigências que eles implicam. Os sacramentos de iniciação inserem o cristão na da comunidade. A Eucaristia atinge o ponto alto da vida eclesial. A reconciliação mantém o fiel em estado de conversão. O matrimônio une o homem e a mulher como sinal do amor de Cristo a sua Igreja. Esses sacramentos necessitam do fiel um conhecimento da sua importância e de suas implicações na vida. A fim de que se recebam com maior consciência e responsabilidade, as paróquias organizam cursos próprios de maior ou menor extensão, conforme as necessidades.

                   Os sacramentos jogam com uma linguagem específica, simbólica. Ela carece de certa convivência e conaturalidade com os símbolos. E os cursos pretendem também introduzir os fiéis no universo dos símbolos sacramentais. Se um brasileiro imigra para o Japão não consegue viver bem sem adentrar-se na língua, nos símbolos, na cultura. Entrar numa comunidade implica também comungar com sua cultura, seus símbolos, seus costumes. Os cursos oferecem essa bússola para navegar em outro mundo diferente da vida cotidiana.

                   No trabalho, na formação e no exercício profissional, crescem as exigências de cursos para aperfeiçoamento, atualização e adestramento. As pessoas sentem faltam deles e frequentam-nos cada vez mais. Levanta-se então a pergunta: por que para aprimorar a vivência e o conhecimento sacramental não se devem então oferecer cursos?

                   A comunhão eclesial, como terceira coluna de sustentação da , se tece à medida que o fiel toma consciência da sua responsabilidade na Igreja. E responsabilidade implica motivação. E os cursos visam a que os fiéis assumam sua vida cristã de maneira séria e pessoal. Processo não de um dia,  mas de toda a vida. Ninguém se pode considerar formado em termos de vida eclesial. Sempre se está a aprender.

 

                    

 



O grupo de amigos e admiradores de Pe. J.B. Libanio é um projeto sem fins lucrativos comprometido com a Evangelização para mais servir e amar.
Desenvolvido por ABNEXO